quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Iraniano passa 60 anos sem tomar banho

Haji, de 80 anos, diz que limpeza traz doença. Além de não tomar banho, ele bebe água de um cantil enferrujado e se alimenta de carne de porco apodrecida

Haji tem uma opinião radical no que se refere a banhos e a higiene em geral: “Limpeza traz doença”, disse este iraniano de 80 anos ao jornal The Nation, afirmando, com orgulho, que não toma banho desde os 20. Haji vive isolado em uma vila em Fars, província localizada na porção sul do Irã. O resultado é uma tez que se aproxima consideravelmente da terra ao redor do homem.

Mas não se trata apenas de banhos. Haji também se recusa a ingerir alimentos frescos — optando, em vez disso, por refeições diárias à base de carne de porco apodrecida. O mesmo vale para a água: não sendo possível deixar de tomá-la, Haji opta, entretanto, por um cantil velho e totalmente enferrujado.
Haji
Ao final das refeições, um bom trago do cachimbo é sempre uma boa pedida. Não, nada de tabaco. O substituto, desta vez, são fezes de animais encontradas durante suas perambulações.

Haji fumando seu velho cachimbo
Em contato com a natureza

O estilo de vida radical do idoso também é prontamente perceptível em sua moradia: um buraco no chão, quase uma cova. É claro que, eventualmente, Haji também se vale de uma cabana construída por moradores próximos — os quais o chamam de “Amour Haji”, sendo “amou” um termo carinhoso para “velho” em farsi.
Haji, 60 anos sem tomar banho
Há quem diga, é verdade, que o homem vive hoje dessa forma por conta de algumas catástrofes emocionais ocorridas há muitos anos. De qualquer forma, é impossível não reconhecer o bom ânimo de Haji — mesmo em seu traje bélico, já que o capacete militar serve apenas para proteção contra o frio.

Fonte: Mega Curioso

Nenhum comentário:

Postar um comentário