sábado, 4 de março de 2017

Os 10 carros de Vilões do cinema que também mereciam ir pra cadeia

Sempre torcemos para que aquele ator bobalhão, que é o herói do filme, se dê mal e que o fora-da-lei consiga ficar com o dinheiro roubado. Mas costumamos negligenciar um fato importante. Além de estar com vasto arsenal de armamento pesado, nosso vilão precisa ter um carro de fuga que seja tão mau quanto ele. Conheça abaixo 10 dessas máquinas que mereciam ir pra cadeia.

1) OLDSMOBILE TORNADO 1966 - Onde os Fracos Não Têm Vez

Oldsmobile Toronado 1966

Se você ainda não viu este filme, faça isso o mais rápido possível. Tem tudo o que a gente gosta: perseguições de carro, tiros, polícia se dando mal, roubo, brigas, explosões, máfia e vingança. É verdade, faltou um pouco de nudez feminina, mas mesmo assim é um tremendo filme, que ganhou vários prêmios, incluindo quatro Oscars. A história é simples: um cara legal acha US$ 2 milhões. Um cara mau (o genial Javier Barden da foto acima) é contratado para recuperar a grana. O filme é imperdível e vai te manter grudado no sofá!

O Oldsmobile Tornado é um cupê esportivo de luxo que foi muito cobiçado na sua época. Considero este carro uma das melhores opções para um assassino fugitivo nos anos 1960. Ele tem cara de ser uma máquina imprevisível e perversa. O Tornado foi o primeiro carro americano a usar tração dianteira, desde o Cord em 1937. Foi produzido de 1966 a 1992. Com 5,3 metros de largura e 1,9 metros de largura, na sua época era considerado um carro compacto!

2) CADILLAC ELDORADO 1967 - Cassino

Cadillac Eldorado 1967

O vilão desse filme é um dos atores mais legais de Hollywood, Joe Pesci, na foto acima. Em Casino (outro filme que você TEM QUE VER!), dirigido por Martin Scorsesse, ele contracena com Robert De Niro e Sharon Stone. Pesci faz o papel de um mafioso violento, louco e muito engraçado. Cassino também cai na categoria dos filmes que de te deixam grudado na tela do começo ao fim. Mas atenção, mesmo feito em 1995, seu nível de violência é meio forte. Que boa notícia!

O Eldorado não é um carro discreto, ele é ameaçador. Perfeito para os mafiosos. Enquanto o Oldsmobile Tornado (primeiro carro dessa lista, acima), era bom para fugir da polícia, este Cadillac era bom para chegar nos lugares, uma espécie de cartão de visitas que dizia: “Sou um fora da lei violento e perigoso e imune ao Moro”.

3) MERCEDES-BENZ 600 PULLMAN LIMOUSINE 1970 - O Silencio dos Inocentes

Mercedes Benz 600 Pullman Limousine 1970

Este Mercedes-Benz é um clássico feito para presidentes, reis, imperadores e ditadores. Alguns dos seus proprietários sociopatas-sanguinários foram: Saddam Hussein, Fidel Castro, Idi Amim Dada, Mao Tse Tung, Pol Pot, Francois (Papa Doc) Duvalier, Kim Jong-un e Jack Nicholson.

Carro perfeito para o assassino canibal Hannibal Lecter (Anthony Hopkins, na foto acima) usar nesse filme, onde ele ajuda a agente do FBI Clarice Starling (Jodie Foster) a prender um assassino em série psicopata. Com isso Hannibal ganha a promessa de ser transferido para um presidio menos rigoroso. Claro que ele escapa e começa a comer seus inimigos.

4) MAYBACH EXELERO 2005 - Austin Powers, O Agente Misterioso

Maybach Exelero 2005

O Exelero é um daqueles carros para quem tem aquele problema Freudiano de, digamos assim, tamanho pequeno. O carro é feio, tem um visual meio ridículo que tenta ser meio futurista e meio art déco, mas falha terrivelmente nas duas coisas. O Exelero foi a escolha perfeita para ser o carro de Austin Powers (Mike Myres, na foto), um vilão patético que tenta ser engraçado (e não consegue) e que claramente possui problemas de ejaculação precoce.

O Exelero fez tanto sucesso que sua produção iniciada em 2004 terminou em 2004. Ah, e apenas um carro foi construído. A desculpa para a Maybach inventar essa lata era de criar um carro de alto desempenho baseado no design dos anos 1930. Se quisessem fazer isso bem feito era só dar uma espiada no Rolls-Royce Phantom I Jonckheere Aerodynamic Coupe, o sexto carro dessa matéria, mais abaixo. Acha que estou exagerando na critica ao carro? Sabe quem pagou US$ 8 milhões nele? Um gritador, digo, cantor de Rap, conhecido por Birdmam. Eeeeewww....

5) BUCCIALI TAV 8-32 SAOUTCHIK FLECHE D’OR BERLINE 1932 - 101 Dalmatas

Bucciali TAV 8-32 Saoutchik Fleche d’Or Berline 1932

Esse sim é um tremendo carro, dirigido por uma tremenda vilã: a classudérima Cruella De Vil (Glenn Close, na foto), uma sequestradora e assassina de filhotinhos de cachorro. Mas não se apresse no julgamento, Cruella tinha um propósito nobre: fazer casacos com a pele dos cachorrinhos. Confesso que esse filme não faz parte da lista dos meus 100.000 preferidos, mas o carro... A coisa começa pelo nome. Quem não adoraria ter um carro cujo nome possui 6 palavras com um total de 36 letras, 3 números, 1 apóstrofe e 1 hífen? O TAV (Traction Avant) fez parte de uma série limitada de carros construída pelos irmãos e pilotos francesesAlbert e Angelo Bucciali. Apenas dois existem hoje. O TAV ganhou dezenas de prêmios em concursos na Europa e Estados Unidos e hoje um deles pertence a um colecionador suiço.

6) ROLLS-ROYCE PHANTOM I JONCKHEERE AERODYNAMIC COUPE 1925 - Os Simpsons

Rolls-Royce Phantom I Jonckheere Aerodynamic Coupe Jonckheere 1925

O Phantom I Coupe faz os outros Rolls-Royce se sentirem com vergonha. Construído em 1924, sob encomenda pela empresa belga Jonckheere, o carro passou por várias proprietários, até que em 1991 um japonês o comprou por US$ 1,5 milhões. Em 2004 ele foi adquirido pelo Petersen Museum, na California, que o restaurou por completo. Seu chassis foi inteiramente feito a mão, incluindo as belíssimas portas redondas e o leme estabilizador vertical traseiro, estilo e classe de sobra. Um carro adequado para Montgomery Burns(chefe do Homer aí em cima), que anda com uma nota de um trilhão de dólares na carteira, é arrogante e gosta de humilhar os outros.

7) PETERBILT 281, 1955 - Encurralado

Peterbilt 281

Encurralado é um suspense que deve ser assistido com fraldas. Mesmo se você quiser ir ao banheiro, não irá! Feito em 1971, este foi um dos primeiros filme de Steven Spielberg e conta a história de um pacato motorista perseguido pelas estradas desertas da Califórnia por um caminhoneiro psicótico que decide mata-lo apenas por diversão. Na frente do caminhão estão várias placas de carros “despachados” pelo caminhoneiro. Sinistro... Depois de ver Encurralado você vai querer comprar uma arma (grande) e deixá-la no carro. O Peterbilt 281foi um dos caminhões mais produzidos nos Estados Unidos, muito popular nos anos 1950, 60 e 70 pela sua durabilidade e fácil manutenção.

8) LINCOLN CONTINENTAL 1941 - O Poderoso Chefão

Lincoln Continental 1941

Considerado um clássico, esta primeira geração dos Lincoln Continental foi a ultima a ser produzida pelas grandes montadoras americanas com um motor de 12 cilindros. O Lincoln é um sedan de luxo produzido até hoje pela Ford e esta na sua décima geração. No filme, umContinental é totalmente destruído quando o filho mais velho de Don Corleone, Sonny (James Caan, acima na foto) é emboscado e violentamente metralhado num pedágio. Uma enorme perda. O Lincoln Continental.

9) DE TOMASO MANGUSTA - Kill Bill 2

DeTomaso Mangusta

Mangusto é um mamífero que se alimenta de cobras, por isso o De Tomaso Mangusta foi uma escolha de carro apropriada para Kill Bill 2. É só se lembrar da cena em que Beatrix (Uma Thurman) arranca o olho de Elle (Daryl Hanna) e a deixa ser atacada e morta por uma cobra Manba Negra. Cena bem poética, bem ao estilo romântico de Quentin Tarantino, diretor do filme. Apenas 401 De Tomaso foram produzido entre 1967 e 1971. Apesar do pouco sucesso na sua época, o Mangusta é considerado uma raridade e quando em bom estado pode valer US$ 400 mil.

10) MERCURY COUGAR XR-7 MARAUDER 380 GT 1968 - Um Drink no Inferno

Mercury Cougar XR-7 Marauder 380 GT 1968

Um Drink no Inferno é uma comédia de horror espetacular, a mãe de todos os filmes de zumbis. Filmado em 1996, conta a história de dois irmãos assaltantes Seth e Richard Gecko (George Clooney e Quentin Tarantino) que sequestram um pastor e sua família, fogem para o México e entram numa boate. O que acontece lá dentro não dá pra descrever, mas inclui tiros, bebedeira, vampiros, strip-tease, assassinatos e caos generalizado! NÃO DEIXE DE VER ESSE FILME!

O Mercury Cougar nasceu para ser uma opção mais luxuosa do Mustang, com um ar mais Europeu. Ele teve seus momentos de glória, mas sua proposta de ser um esportivo luxuoso não vingou, ele não era nem uma coisa nem outra e com o tempo foi engolido pelo Mustang.

Fonte: IG Carros

2 comentários:

  1. Boa reportagem, são carros maravilhosos, mas sinistros.

    ResponderExcluir
  2. Uma boa imbecilidade holocau$tica! O Brasil matou e escravizou milhões de Negros, e o cara holocau$tizado, fala que Hitler matou alguns pederastas de Röhm!

    ResponderExcluir